Dim Sum

    Postado por

    Yummy! Gosto muito. Primeiro pela característica de comer aos pouquinhos. Degustar aos bocados é delicioso. Depois, o encantamento da imensa variedade dos sabores chineses. O dim sum, típico costume cantonês, tradicionalmente é associado às casas de chá. Pequenas porções que acompanham a bebida, podem apresentar uma infinidade de ingredientes em seus recheios; fritos, cozidos, grelhados ou “no vapor”, sendo este último o método de cocção que lhe confere a fama.

    Em Serve the People: A stir-fried journey through China*, Jen Lin-Liu relata a saborosa experiência de provar um won ton caseiro preparado por uma velha senhora na China (tendo participado do ritual de preparação)…

    “Eu mergulhava os bolinhos numa tigela de vinagre e chilli antes de mordê-los. Eram travesseirinhos fumegantes de massa com um gosto familiar, mas cheios de um frescor que eu nunca experimentara antes. Era como tentar fazer raviólis em casa pela primeira vez depois de passar uma vida inteira comendo a versão congelada. Devorei uma dúzia.”

    Eu ainda não tive a oportunidade de visitar a China (projeto futuro sedeusquiser, com direito a aula de culinária com a própria Jen na Black Sesame Kitchen em Beijing!), mas conheci alguns lugares bacanas que servem dim sum por aqui no Ocidente:

    Ping Pong. Rede internacional, com lojas em São Paulo, Washington e Dubai. Sou freguesa do chá gelado.

    Aska. Sim, lamen delicioso, mas vou até lá pelo gyoza. Sempre bem lotado. Não tem site. Rua Galvão Bueno, 466. Liberdade – São Paulo/SP.

    Ton Kiang. Pequeno estabelecimento familiar. Tradicionalíssimo em San Francisco.

    *República Gastronômica da China – Uma viagem salteada pela culinária chinesa (Zahar Editora)

    Bom proveito! Thabata


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>