Peixe… com bacon?

Sim! Acreditem, é maravilhoso. Essa mistura inusitada surgiu quando eu e minha ex-companheira de apê, estávamos preparando o nosso jantar. Já haviamos providenciado o alho poró e os filés de saint peter para nos aventurarmos em alguma criação. Acontece que, na geladeira, também haviam cebolas, espinafre (quase passando do tempo) e… bacon!

Pensamos e chegamos a conclusão que alho poró e bacon = ótimo. Alho poró, bacon e espinafre = magnífico! A cebola, depois de refogada, fica com um sabor adocicado delicioso… Taí uma combinação deliciosa, diferente e uma das prediletas dos meus amigos cobaias.

Confesso que não é sempre que empano o peixe: apenas quando aquela vontade de comer a casquinha aparece. A maioria das vezes faço ele assado. É bem simples e dá menos trabalho também. Dêem uma olhada nas dicas no final da receita.

Ah, encontro facilmente nos supermercados um bacon sem gordura. Na verdade é bacon de lombo defumado, com uma camadinha em cima com gordura. Você pode tirar e usar só a carne. A marca é Kassel.

Vambora testar nesse final de semana?

p.s.: Mas, nada impede você de usar o nosso querido e delicioso bacon tradicional com algumas gordurinhas a mais, o prato fica delicioso de qualquer jeito.

Beijos, Fê!

Saint Peter sobre Cama de Alho poró, Bacon e Cebola

Fotos: Claudia Chedid e Carol Milano

Ingredientes

4 filés de Saint Peter

1/2 limão Tahiti, suco

Sal e pimenta do reino a gosto

1 xícara (chá)  de cebola fatiada em meia lua

1 xícara (chá) de alho poró fatiado em anéis

150g de bacon (de preferência com menos gordura) fatiado

½ maço de espinafre, apenas as folhas

1 colher (sopa) de manteiga sem sal ou azeite extra virgem, para refogar

Farinha de trigo – o suficiente para empanar os filés de peixe

Óleo de canola – o suficiente para cobrir o fundo da frigideira

Modo de fazer

  1. Tempere os filés de peixe com o suco de limão, sal e pimenta do reino.
  2. Leve uma panela cheia de água e com 1 colher (chá) de sal para ferver. Quando ferver mergulhe as folhas de espinafre por no máximo 30 segundos. Retire-as da água e imediatamente dê um banho de água gelada nas folhas. Escorra todo o excesso de água e reserve.
  3. Em uma frigideira sem gordura refogue o bacon até que as fatias estejam levemente douradas.
  4. Utilizando a mesma frigideira do bacon, retire com um papel toalha o excesso da gordura. Coloque a manteiga ou azeite e refogue a cebola e o alho poró até ficarem murchos. Tempere com sal e pimenta (não exagere no sal pois o bacon já é bastante salgado). Junte o bacon no final.
  5. Retire os filés de peixe do tempero e seque bem os filés com um papel toalha. Empane os filés na farinha de trigo.
  6. Aqueça uma frigideira com o óleo de canola e frite os filés de peixe até que os dois lados fiquem bem dourados.
  7. Arrume em um prato ou travessa uma camada do bacon, alho poró e cebola. Coloque o filé de peixe sobre essa refoga e disponha as folhas de espinafre sobre o filé.
  8. *Sugestão light&leve: Pré aqueça o forno a 200°C. Em um refratário que possa ir ao forno coloque a cebola fatiada, alho poró fatiado, bacon fatiado e o espinafre cru. Coloque os filés (SEM EMPANAR NA FARINHA DE TRIGO, APENAS TEMPERADOS) sobre os legumes. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 minutos. Retire o papel alumínio e asse por mais 10 minutos.

Rendimento: 4 porções

Tempo de preparo: 1 hora

Dificuldade: fácil

Ceviche de Lula e Camarão com Melancia

Ingredientes

½ xícara (chá) de laranja pêra (suco)

¼ xícara (chá) de limão Tahiti (suco)

½ xícara (chá) de melancia, sem semente e cortada em cubos pequenos

½ colher (chá) de gengibre ralado e espremido (utilize apenas o suco)

1 ½ colher (sopa) de cebola roxa picada em cubos bem pequenos

1 ½ colher (sopa) de sal

Pimenta do reino moída a gosto

150g de camarão cinza, limpo e cortado em cubos pequenos

150g de lula, limpa, cortada em anéis

½ colher (sopa) de hortelã fresca picada bem fininha

Molho de Coentro

½ xícara (chá) de cebola picada em cubos bem pequenos

½ xícara (chá) de coentro fresco picado bem fininho

½ xícara (chá) de tomate picado em cubos bem pequenos

1 colher (chá) de jalapeño* sem sementes e picado (pode ser substituído por outra pimenta)

*Pimenta originária do México.

1 colher (chá) de sal

Modo de fazer

Preparo do Ceviche:

1. Em uma tigela, misture o suco de laranja, suco de limão, pedaços de melancia, gengibre, a cebola, pimenta e sal.

2. Coloque água para ferver em uma panela grande e adicione sal numa quantidade suficiente de forma que a água fique com gosto de água do mar.

3. A lula e o camarão devem ser rapidamente escaldados, por 20 a 30 segundos (não deixe mais do que esse tempo, pois os frutos do mar podem ficar duros e borrachudos). Retire-os da água fervente e imediatamente de um banho de água com gelo para parar o cozimento. Eles devem ficar na água somente o tempo suficiente para resfriar, assim não perdem o sabor. Seque-os bem em um papel toalha.

4. Junte o camarão e a lula à mistura da tigela e ajuste o tempero.

5. Leve a geladeira e deixe marinando por 1 hora antes de servir.

6. Salpique a hortelã sobre o ceviche antes de servir.

Preparo do molho de coentro:

1. Misture todos os ingredientes e leve a geladeira.

2. Sirva frio ao lado ou em cima do ceviche.

Rendimento: 4 porções

Tempo de Preparo: 30 minutos de preparo e 1 hora marinando

Dificuldade: Fácil

Crispies de Parmesão com Raspas de Limão e Alecrim

Ingredientes

150g de parmesão ralado
¼ de xícara (chá) de alecrim fresco picado
2 colheres (sopa) de limão Tahiti (raspas)
Pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

1. Espalhe sobre todo o fundo de uma frigideira anti-aderente o queijo ralado (não deixe uma camada muito fina e nem muito grossa). Salpique sobre ele: o alecrim picado, as raspas de limão e a pimenta do reino.

2. Leve em fogo baixo até que um dos lados fique bem dourado e sequinho. Vire e doure o outro lado.

3. Transfira para um prato e deixe esfriar completamente. Depois de frio, quebre com as mãos em pedaços menores. Sirva como belisco.

* Se desejar, espalhe o queijo ralado sobre uma assadeira e leve para assar em forno bem baixo (150°C).
* Utilize outras ervas no lugar do alecrim. Por exemplo: manjericão, tomilho e sálvia.

Rendimento: 5 discos (aproximadamente 20cm de diâmetro)
Tempo de preparo: 30 minutos
Dificuldade: média

Crocância esperta

Uma boa pedida de aperitivo — ou até mesmo um algo a mais na sua saladinha querida — é o crisp de parmesão. Ele faz toda a diferença. Mas este não é qualquer um não! Além do parmesão, incrementamos com um algo a mais. Segue receitinha fácil, fácil… Bom apetite!

Beijos, Rafa!


Crispies de Parmesão com Raspas de Limão e Alecrim

Fotos: Claudia Chedid e Carol Milano


Ingredientes

150g de parmesão ralado
¼ de xícara (chá) de alecrim fresco picado
2 colheres (sopa) de limão Tahiti (raspas)
Pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

1. Espalhe sobre todo o fundo de uma frigideira anti-aderente o queijo ralado (não deixe uma camada muito fina e nem muito grossa). Salpique sobre ele: o alecrim picado, as raspas de limão e a pimenta do reino.

2. Leve em fogo baixo até que um dos lados fique bem dourado e sequinho. Vire e doure o outro lado.

3. Transfira para um prato e deixe esfriar completamente. Depois de frio, quebre com as mãos em pedaços menores. Sirva como belisco.

* Se desejar, espalhe o queijo ralado sobre uma assadeira e leve para assar em forno bem baixo (150°C).
* Utilize outras ervas no lugar do alecrim. Por exemplo: manjericão, tomilho e sálvia.

Rendimento: 5 discos (aproximadamente 20cm de diâmetro)
Tempo de preparo: 30 minutos
Dificuldade: média

Hambúrguer de Fraldinha com Pignoles

Ingredientes

800g de fraldinha moída (moer duas vezes)

100g de pignoles levemente tostados

½ xícara (chá) de  cebola ralada

Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

1. Tempere a carne com a cebola ralada, um pouco de sal e pimenta do reino. Adicione os pignoles levemente tostados.

2. Molde “hambúrgueres” com a ajuda de um aro de metal.

3. Embale em papel filme e leve à geladeira por 1 hora.

4. Aqueça bem uma grelha untada com óleo.

5. Grelhe os “hambúrgueres” dos dois lados.

Rendimento: 6 a 8 porções, dependendo do tamanho dos hambúrgueres

Tempo de preparo: 30 minutos

Dificuldade: fácil

Medalhão com Crosta de Pó de Porcini

Ingredientes

Pó de Porcini:
80g de funghi porcini secchi

800g de filé mignon (4 unidades de 200g cada)
Azeite para grelhar
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

1. Para o pó de porcini: em um processador processe o funghi porcini secchi até virar um pó. Se não possuir processador bata no liquidificador.
2. Tempere os medalhões com sal e pimenta. Reserve.
3. Unte uma frigideira bem quente com azeite e sele os medalhões (2 por vez para não juntar água) em fogo alto até dourar um dos lados. Vire e doure o outro lado.
4. Passe um dos lados dos medalhões no pó de porcini (apertando bem), leve ao forno em assadeira por 5 minutos a 250°C.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Dificuldade: fácil

Filé de Frango recheado com Queijo minas e Molho de Cenoura e Limão

Ingredientes

8 filés de peito de frango (cortados bem fininhos)

Limão e sal (para temperas os filés)

150g de queijo Minas bem picadinho

50ml de azeite de oliva extra virgem

Molho de Cenoura

2 cenouras

Sal a gosto

Molho bechamel

Para a cebola piquê

1/2 cebola cortada ao meio

2 cravos da Índia

1 folha de louro fresco

½ litro de leite integral

25g de farinha de trigo

25g de manteiga sem sal

Noz moscada (ralada na hora) a gosto

1 colher (sopa) de limão siciliano, raspas

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Palitos de dente ou barbante para prender o rolinho

Modo de fazer

1. Tempere os filés com limão e sal.

2. Abra os filés e coloque um pouco do queijo na ponta do filé e enrole. Prenda o rolinho com palitos de dente ou barbante de forma que o queijo não escorra para nenhum dos lados.

3. Aqueça bem uma frigideira untada com azeite. Doure bem todos os lados dos rolinhos de frango recheados.

4. Disponha os rolinhos de frango numa assadeira e cubra com papel alumínio, leve para assar por 10 minutos em forno médio 180°C.

Molho de Cenoura

1. Descasque e cozinhe as cenouras em água com sal até ficarem bem macias. Descarte toda a água. Passe a cenoura cozida em um processador, processe até formar um purê. Se não possuir processador, bata no liquidificador (não precisa colocar água para processar e nem para bater no liquidificador).

Molho bechamel
1. Prepare a cebola piquê: coloque a folha de louro encostada na cebola e espete os dois cravos sobre ela (a folha de louro deve ficar presa, grudada na cebola).

2. Leve a manteiga ao fogo. Quando derreter, jogue a farinha de trigo de uma vez só. Mexa por 30 segundos.

3. Adicione o leite frio, aos poucos, mexendo sempre para não formar grumos e em fogo médio-baixo.

4. Adicione a cebola piquê.

5. Reduza o fogo e cozinhe por mais ou menos 10 minutos, mexendo sempre para o molho não grudar no fundo da panela.

6. Tempere com sal, pimenta, noz moscada.

7. Passe o molho por uma peneira sem apertar os grumos. Por último, adicione as raspas de limão e a cenoura processada. Aqueça na hora de servir.

8. Na hora de servir, regue o molho sobre os rolinhos de frango recheados. Decore com raspas de limão.

Rendimento: 4 porções

Tempo de preparo: 50 minutos

Dificuldade: Difícil

Quibe de Bandeja do Arábia (Quibbe B’Sinye)

Ingredientes

Massa

½kg de patinho, sem nervos e sem gordura, moído

1 ½ xícara de trigo fino para quibe

2 xícaras de folhas de hortelã fresca

1 cebola pequena ralada

½ colher (café) de pimenta do reino em pó (de preferência moída na hora)

1 colher (chá) de pimenta síria (encontrada em empórios árabes)

1 colher (chá) de cominho moído (opcional)

10 pedras de gelo

Sal

Recheio

½kg de capa de filé com gordura, moída

2 cebolas médias picadas em cubos pequenos

1 colher (chá) de pimenta síria

½ colher (café) de pimenta do reino em pó

3 colheres (sopa) de salsa picada

½ xícara de nozes picadas (para rechear e para decorar)

3 colheres (sopa) de manteiga ou óleo

3 dentes de alho socados com um pouco de sal

Modo de fazer

1. Lavar o trigo e deixar de molho por, no máximo, 10 minutos. Escorrer e espremer com as mãos, para retirar toda a água.

2. Pique a hortelã em pedacinhos. Juntar o trigo à carne, adicionando os temperos, o sal, a cebola, a hortelã.

3. Misture água nas pedras de gelo. Vá misturando os ingredientes da massa molhando sempre a mão na água gelada (o gelo e a água gelada ajudam a dar liga na massa).

4. Separar a massa em duas metades.

Recheio

1. Em uma frigideira, dourar as nozes com uma colher (de sopa) de manteiga ou óleo. Reservar.

2. Na mesma frigideira e com o fogo bem alto, colocar o resto da manteiga ou óleo, dourar o alho e acrescentar a cebola, a carne, a salsa e os temperos. Refogar rapidamente sem cozinhar a carne demais para não ressecar.

3. Retirar do fogo, esperar esfriar e só então colocar as nozes. Reservar algumas nozes inteiras para decorar.

Montagem

1. Untar com óleo uma travessa refratária grande. Espalhar metade da massa até ficar uniforme, com cerca de 1cm de espessura. Para facilitar, antes de espalhar a massa, molhar as mãos em água fria.

2. Sobre a massa espalhada, colocar o recheio. Para cobrir com o restante da massa, proceder da seguinte maneira: abrir pequenas porções da massa, com as mãos sempre molhadas, e colocar sobre o recheio. No final, alisar com as mãos até formar uma camada homogênea da mesma espessura que a inferior.

3. Riscar superficialmente o quibe, fazendo desenhos de losangos, e cortar. Decorar as nozes restantes. Regar toda a superfície com azeite de oliva e colocar no forno pré – aquecido (180ºC) por 25 minutos, aproximadamente, ou até dourar.

4. Servir quente ou frio, acompanhado de coalhada fresca ou seca.

A empadinha da Dona Maria

A Dona Maria, falecida avó do André (meu marido), era uma cozinheira de mão cheia! Mineira (só podia ser), passou a vida na cozinha preparando suas delícias para os netos. E com muito carinho, claro!

Infelizmente, não tive a oportunidade de conhecê-la, mas fico babando no livro de receitas que ela deixou de ‘herança’. Um de seus quitutes mais famosos era a empadinha de frango, que minha sogra continua fazendo e eu amo de paixão. Tem a massa fininha e muito recheio, como uma boa empada deve ser!

Beijos, Pati!

Empadinhas da Dona Maria



Ingredientes

Massa:

4 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada

2 ovos

1 colher (café) de sal

4 colheres (sopa) de manteiga

6 colheres (sopa) de banha

Recheio:

1 peito de frango com osso, sem pele e sem gordura

1 colher (sopa) de azeite de oliva

½ xícara (chá) de cebola picadinha

1 dente de alho picadinho (opcional)

3 tomates maduros, sem sementes, cortado em cubos pequenos

¼ xícara (chá) de salsinha picada

200g de catupiry

Sal e pimenta do reino a gosto

Para pincelar:

2 gemas

1 colher (sopa) de óleo de canola

Modo de fazer

  1. Massa: misture bem todos os ingredientes até formar uma massa lisa e homogênea.
  2. Recheio: em uma panela coloque o peito de frango, cubra com água e leve para ferver até que o peito de frango esteja cozido completamente. Espere esfriar um pouco e desfie.
  3. Em uma frigideira untada com azeite refogue a cebola picada, o alho picadinho. Junte o frango desfiado e o tomate em cubos. Refogue bem até que o tomate comece a desmanchar. Tempere o refogado de frango com sal e pimenta. Por último, junte a salsinha picada e misture o refogado de frango com o catupiry.
  4. Abra a massa com as mãos dentro da forminha de empadinha, tente deixar a massinha bem fina para não ficar grosseira. Recheie e cubra com massa aberta bem fininha.
  5. Pré aqueça o forno a 200°C.
  6. Para pincelar: misture bem as gemas com o óleo e pincele sobre as empadinhas.
  7. Leve as empadinhas para assar até que a massa fique cozida e dourada.

Rendimento: 40 mini empadinhas

Tempo de Preparo: 1 hora e 30 minutos

Dificuldade: Média

Quesadilla de Filé Mignon e Cebola Caramelizada

Ingredientes

1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem
400 de filé mignon cortado em tirinhas
2 colheres (sopa) de manteiga
3 cebolas cortadas em meia-lua
200g de queijo prato ralado
4 discos de massa de Rap10 ou de pão sírio
Sal e pimenta do reino moída na hora

Modo de fazer

1. Aqueça bem uma frigideira e coloque um fio de azeite. Doure, em fogo alto, as tirinhas de filé aos poucos (coloque pouca quantidade para não formar água). Retire da frigideira, tempere com sal e pimenta. Reserve.
2. Na mesma frigideira coloque a manteiga e quando derreter adicione a cebola cortada em meia-lua. Refogue em fogo baixo até que as cebolas fiquem bem douradas e adocicadas. Retire da frigideira e reserve.
3. Em uma frigideira bem quente coloque um disco de massa, recheie apenas metade, com a carne, cebola caramelizada e o queijo ralado por cima.

4. Dobre a outra metade do disco sobre o recheio. Diminua o fogo e vá virando e tostando a quesadilla até que os dois lados do pão estejam crocantes e o queijo tenha derretido.

OBS: Os ítens 3. e 4. podem também ser feitos no forno. Outra opção é montá-las como um beirute, usando uma metade do pão sírio, recheio e outra metade do pão para cobrir, formando um sanduíche, levar ao forno e cortar em 4 pedaços na hora de servir.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Dificuldade: fácil

Salada de mini Milho, mini Rúcula, Tomate cereja e Queijo de cabra

Ingredientes

10 mini milhos frescos (Se não encontrar o fresco utilize em conserva)

1 maço de mini rúcula

15 tomates cereja

200g de queijo de cabra (crottin)

200g de pão sueco

Vinagrete de vinagre balsâmico:

¼ xícara (chá) de vinagre balsâmico

1 colher (chá) de mostarda amarela

1/3 xícara (chá) de azeite extra virgem

Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo

1. Cozinhe os mini milhos em água com sal até ficarem macios.

2. Lave e seque as folhas de rúcula. Corte os tomates cerejas ao meio.

3. Faça bolinhas com o queijo crottin.

4. Para o vinagrete de vinagre balsâmico: misture bem todos os ingredientes.

5. Montagem: em uma saladeira coloque as folhas de mini rúcula, os tomates, os mini milhos. Dispoha as bolinhas de queijo de cabra.

6. Com as mãos, quebre em pedaços pequenos o pão sueco e salpique sobre a salada.

7. Sirva o molho a parte e tempere na hora de servir.

 

Rendimento: 5 porções

Tempo de preparo: 30 minutos

Dificuldade: fácil

Canapé de Tomate Cereja e Ricota temperada

Ingredientes

25 tomates cereja (De preferência escolha os mais redondos, maiores e não muito maduros).

Ricota temperada:

1 xícara (chá) de ricota

1 colher (chá) de cebola ralada

½ dente de alho picado bem pequeno (opcional)

1 colher (chá) de manjericão picado

1 colher (chá) de alecrim picado

1 colher (chá) de salsinha picada

3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem

Sal e pimenta do reino a gosto

 

Modo de Prepara

1. Corte a tampa do tomate e a parte de baixo (apenas para que o tomate fique apoiado em um prato) e com uma colher (café) ou uma faquinha retire pelo lado da tampa toda a polpa do tomate.

2. Ricota Temperada: Esfarele a ricota com um garfo e misture bem todas as ervas. Tempere com sal e pimenta

3. Recheie os tomatinhos com a ricota temperada. Disponha em um prato de canapés. Regue com azeite, se desejar.

  • Você pode incrementar o recheio usando nozes, uvas passas, castanhas junto com a ricota temperada.
  • Se desejar utilize tomates grandes e sirva como acompanhamento. Leve ao forno se gostar do tomate quente.

 

Rendimento: 25 tomatinhos

Tempo de preparo: 1 hora

Dificuldade: média

Coringa para todas as horas

O tomate cereja é sempre um coringa para dar um charme em saladas, em uma massa ou risoto e até mesmo como decoração. Por isso, hoje vamos dar uma opção fresquinha, fácil e muito gostosa. Nessa receita fizemos um belisco para os dias quentes, mas você pode fazer com tomates grandes e servir como acompanhamento e até prato principal vegetariano.

Use sua criatividade e explore diferentes recheios: cogumelos frescos, frutas secas, nozes, castanhas e amêndoas dão um toque especial ao recheio. Se quiser uma versão mais cremosa, substitua a ricota por queijo cottage.

Se quiser uma crostinha crocante: depois de rechear o tomate polvilhe queijo parmesão ralado por cima e leve ao forno alto (220°C) até dourar o queijo.

Junte os seus ingredientes prediletos e inove ao rechear os tomates. Depois nos conte sua combinação perfeita, tá?

Beijos, Fê!

Canapé de Tomate Cereja e Ricota temperada


Ingredientes

 

25 tomates cereja (De preferência escolha os mais redondos, maiores e não muito maduros).

Ricota temperada:

1 xícara (chá) de ricota

1 colher (chá) de cebola ralada

½ dente de alho picado bem pequeno (opcional)

1 colher (chá) de manjericão picado

1 colher (chá) de alecrim picado

1 colher (chá) de salsinha picada

3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem

Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

 

  1. Corte a tampa do tomate e a parte de baixo (apenas para que o tomate fique apoiado em um prato) e com uma colher (café) ou uma faquinha retire pelo lado da tampa toda a polpa do tomate.
  2. Ricota Temperada: Esfarele a ricota com um garfo e misture bem todas as ervas. Tempere com sal e pimenta
  3. Recheie os tomatinhos com a ricota temperada. Disponha em um prato de canapés. Regue com azeite, se desejar.
  • Você pode incrementar o recheio usando nozes, uvas passas, castanhas junto com a ricota temperada.
  • Se desejar utilize tomates grandes e sirva como acompanhamento. Leve ao forno se gostar do tomate quente.

Rendimento: 25 tomatinhos

Tempo de preparo: 1 hora

Dificuldade: média

Sopa fria de Beterraba com Tanjal e Azeite de Hortelã

Ingredientes

Para o cozimento da beterraba:

1kg de beterraba com casca
200ml de Tanjal*
*Suco em lata superconcentrado vendido em supermercados.
Água suficiente para cobrir

Para a finalização da sopa:

250ml de Tanjal
Sal e pimenta do reino moída na hora

Para o azeite de hortelã:

1 xícara (chá) de hortelã fresco (apenas folhas)
150ml de azeite de oliva extra virgem

Modo de fazer

1. Em uma panela de pressão coloque a beterraba com casca, 200ml de tanjal e coloque água até cobrir todas as beterrabas.

2. Cozinhe por aproximadamente 40 minutos a partir do momento que a panela começar a chiar.

3. Retire a beterraba cozida da panela e retire a casca com a beterraba ainda quente. Imediatamente bata a beterraba quente com um pouco do líquido do cozimento. Bata bem até ficar um líquido bem lisinho.

4. Coloque a beterraba batida em uma tigela grande, adicione 250ml de tanjal e tempere com sal e pimenta do reino. Leve para gelar por no mínimo 3 horas.

5. Para o azeite de hortelã: no liquidificador, bata bem as folhas de hortelã com o azeite. Transfira para uma tigela e reserve.

6. Montagem: coloque 1 concha da sopa de beterraba fria em copinhos individuais ou em pratos fundos. Coloque uma colher (chá) de azeite de hortelã sobre a sopa.


Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 1hora e 30 minutos
Dificuldade: média

Lembra do Tanjal? Colocamos ele na sopa!

Essa receita é inspirada em um prato que é servido no D.O.M. (restaurante do Alex Atala). Como meu irmão, que também é cozinheiro, trabalha lá, vocês devem imaginar que comida é um dos assuntos preferidos entre a gente!

Dia desses, ele me falava sobre essa sopa fria de beterraba que é cozida junto com Tanjal (aquele suco concentrado de tangerina que vende em lata), e também leva essência de priprioca e mini lulas. Gostei da ideia para o verão e resolvi, a partir dessa inspiração, fazer uma versão mais fácil e caseira! É bem refrescante, espero que vocês gostem!

Beijos, Pati!

Sopa fria de Beterraba com Tanjal e Azeite de Hortelã

Ingredientes

Para o cozimento da beterraba:

1kg de beterraba com casca
200ml de Tanjal*
*Suco em lata superconcentrado vendido em supermercados.
Água suficiente para cobrir

Para a finalização da sopa:

250ml de Tanjal
Sal e pimenta do reino moída na hora

Para o azeite de hortelã:

1 xícara (chá) de hortelã fresco (apenas folhas)
150ml de azeite de oliva extra virgem

Modo de fazer

1. Em uma panela de pressão coloque a beterraba com casca, 200ml de tanjal e coloque água até cobrir todas as beterrabas.

2. Cozinhe por aproximadamente 40 minutos a partir do momento que a panela começar a chiar.

3. Retire a beterraba cozida da panela e retire a casca com a beterraba ainda quente. Imediatamente bata a beterraba quente com um pouco do líquido do cozimento. Bata bem até ficar um líquido bem lisinho.

4. Coloque a beterraba batida em uma tigela grande, adicione 250ml de tanjal e tempere com sal e pimenta do reino. Leve para gelar por no mínimo 3 horas.

5. Para o azeite de hortelã: no liquidificador, bata bem as folhas de hortelã com o azeite. Transfira para uma tigela e reserve.

6. Montagem: coloque 1 concha da sopa de beterraba fria em copinhos individuais ou em pratos fundos. Coloque uma colher (chá) de azeite de hortelã sobre a sopa.


Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 1hora e 30 minutos
Dificuldade: média


Salada de Folhas Verdes com brie, Vinagrete de Pêssego e Croutons

Ingredientes

Croutons

3 discos de pão sírio

2 colheres (sopa) de azeite extra virgem

1 ramo de tomilho

Sal a gosto

Salada

½ maço de alface friseé

½ maço de alface romana

½ maço de rúcula

½ maço de agrião

200g de brie

Vinagrete de pêssego

4 colheres (sopa) de geléia de pêssego

6 colheres (sopa) de limão siciliano

2 colheres (sopa) de azeite extra virgem

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer

Lave, seque e se desejar, rasgue as folhas com as mãos. Disponha em uma travessa (na que irá servir).

Para o crouton: Corte o pão sírio em quadrados de 1cm por 1cm (não precisa abrir o pão. Assim que cortar os quadrados as duas camadas vão se separar). Coloque em uma assadeira, regue com azeite e coloque o ramo inteiro de tomilho na assadeira. Misture bem com as mãos para que todos os cubos de pão estejam besuntados com azeite.

Leve para assar em forno médio (200°C), tomando cuidado para não queimar (você deve ficar olhando de 2 em 2 minutos. Por ser um pão fininho ele fica pronto rápido). Quando estiver pronto, retire do forno e tempere com sal. Reserve em um recipiente com tampa.

Corte o brie em cubos ou tirinhas.

Para o vinagrete de pêssego: em uma molheira misture bem todos os ingredientes.

Para montar: sobre as folhas verdes coloque os cubos de brie e regue a salada com o vinagrete. Por último, e só na hora de servir, coloque os croutons sobre a salada.

*Se desejar dar uma corzinha para sua salada utilize tomatinhos cereja.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 40 minutos

Dificuldade: fácil

Um bacalhau inovador

Qual sua comida preferida nas festas de final de ano? Esta foi a nossa última enquete e, segundo vocês — nossos queridos leitores –, a resposta é bacalhau!

A maioria de nós pensou naquele lombo de bacalhau no forno com cebolas e batatas, certo? Nada disso: vamos inovar! Pensamos numa opção fria, que é servida como entrada ou mesmo com as saladas. Escolhemos o couscous marroquino, aspargos e, vejam só que delícia de prato, super fácil de fazer e fresquinho pra vocês! Aproveitem!

Beijos, Má!

Salada de Couscous Marroquino com Lascas de Bacalhau e Aspargos


Ingredientes

Para o Couscous:

200g de couscous marroquino

360ml de água

30g de manteiga

Sal a gosto

Para o bacalhau:

40ml de azeite

300g de bacalhau em lascas

3 colheres de sopa de salsinha picada

1 dente de alho picado

200g de aspargos cozido e picados

Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

Para o couscous:

1. Leve a água a fervura. Ao ferver acrescente a manteiga e o sal.
2. Tire do fogo. Acrescente o couscous e misture bem.
3. Abafe por 5 minutos mantendo a panela tampada.
4. Tire a tampa e solte os grãos com um garfo. Reserve.

Para o bacalhau:

1. Branquear os aspargos  até ficarem “al dente”, tempere e reserve.
2. Dessalgue o bacalhau de um dia para o outro.
3. Em uma frigideira refogue o alho e o bacalhau já em lascas. Tempere com sal e pimenta e adicione a salsinha. Reserve.
4. Tempere o couscous com o azeite, juntando o bacalhau e os aspargos.
5. Sirva frio.

Rendimento:  6 porções
Tempo de preparo: 50 minutos
Dificuldade: Fácil

OBS: Temos também no banco de receitas do site uma outra receita com bacalhau – a brandade! Essa receita teve um toque especial do chef Amaury Abbondanza, que numa de suas aulas para nossos clientes ousou, adicionando à tradicional brandade o maracujá doce e crisps de presunto crú.

Arroz com Cebolas Caramelizadas e Amêndoas em Lascas

Ingredientes

3 xícaras (chá) de arroz cozido

2 colheres de sopa de manteiga

2 cebolas fatiadas finamente (meia lua)

1 xícara de amêndoas laminadas torradas (encontra-se no supermercado)

Sal e pimenta do reino a gosto

 

Modo de Preparo

1. Prepare seu arroz como de costume e reserve.

2. Fatie as cebolas em meias rodelas, bem finas.

3. Em uma frigideira grande derreta a manteiga e refogue a cebola. Deixe em fogo baixo e vá mexendo sempre até que elas caramelizem (ficam com uma tonalidade marrom). Tempere com sal e pimenta do reino.

4. Solte o arroz com um garfo e misture com a cebola caramelizada e as amêndoas torradas.

*Se você não encontrar as amêndoas laminadas e torradas, tire a pele delas em água fervente (escalde e depois retire a pele com a mão, apertando) e depois corte as lascas. Leve ao forno (temperatura média – 200°C) para dourar levemente.

*Calculamos sempre por pessoa 1 xícara (café) de arroz cru.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 50 minutos

Dificuldade: Fácil

Moqueca de Peixe e Camarão da Majô

Ingredientes

500g de camarão em tamanho médio e limpo, sem cabeça e sem casca  (considere esse peso com os camarões já limpos, sem cabeça e sem casca – equivale a mais ou menos 1 kg de camarão com casca e cabeça)

500g de peixe de carne firme (robalo, badejo ou cação)

1 limão tahiti (suco)

12 tomates italianos bem maduros, sem pele e sem sementes

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem (para refogar)

3 cebolas

2 a 3 dentes de alho

2 colheres (sopa) de azeite de dendê

½ garrafa (100ml) de leite de côco

1 maço de salsinha

¼ maço de coentro

Sal, pimenta do reino e pimenta vermelha a gosto

Modo de fazer

1. Se necessário limpe o camarão (tirando o intestino que fica sobre o dorso com um palito de dente). Tempere com sal e pimenta do reino.

2. Corte o peixe em postas de 7cm x 7cm e tempere com sal, pimenta do reino e com suco de limão.

3. Tire a pele (*), corte-os ao meio e retire e as sementes dos tomates. Corte em cubos.

4. Corte a cebola em rodelas finas e pique o alho bem pequeno. Pique também a salsinha e o coentro.

5. Aqueça bem uma panela de barro (se não possuir utilize a convencional), coloque o azeite de oliva e refogue a cebola e o alho. Adicione os tomates. Mexa de vez em quando e deixe cozinhar até que o tomate comece a se desmanchar.

6. Adicione o leite de côco e azeite de dendê.

7. Adicione metade da salsinha e coentro.

8. Adicione o peixe e deixe cozinhar de 5 a 10 minutos.

9. Adicione o camarão e deixe cozinhar por 5 minutos.

10. Desligue o fogo. Adicione o resto da salsinha e coentro. Ajuste a pimenta e sal e sirva.

(*) Para tirar a pele dos tomates: Ferva 1 litro de água numa panela. Faça cortes embaixo dos tomates no formato de “X”. Mergulhe os tomates na água fervente e deixe por no máximo 1 minuto. Imediatamente mergulhe os tomates numa tigela com água gelada. Solte a pele com o auxilio das mãos.

Este prato pode ser servido com arroz, farofa de dendê e pirão.

Pode ser feita a moqueca apenas de peixe ou apenas de camarão.

Rendimento: 5 porções

Tempo de preparo: 1 hora

Dificuldade: Média

Marinada da tia Lucinha para Frango Assado de Padaria

Ingredientes

2,5 a 3kg de frango inteiro, limpo e sem miúdos
4 limões Tahiti (suco)

Marinada:
2 cebolas raladas
6 dentes de alho picado
2 folhas de louro fresco
1 buquê de Ervas da Provança  (Ervas da Provença: erva-doce, sálvia, alecrim, tomilho, manjerona, manjericão e louro)
1 xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem
2 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
Pimenta do reino moída, pimenta Dedo de Moça e sal a gosto

Modo de fazer

1. Lave bem o frango com água e depois com o suco de limão.
2. Misture bem todos os ingredientes da marinada. Coloque o frango na marinada e deixe descansando de um dia para o outro, sem virar.
3. No dia seguinte, retire o frango do tempero e misture bem a marinada novamente, coloque o lado que ficou no tempero no dia anterior para cima e deixe o outro lado no tempero mais um dia marinando.
4. No 3° dia, coe a marinada e reserve.
5. Em uma assadeira leve o frango descoberto para assar (sem a marinada) em fogo alto até dourar bem.
6. Quando estiver bem dourado retire do forno e cubra com papel alumínio e volte ao forno médio (180°C). Vá regando a marinada em cima do frango aos poucos até acabar.
7. Retire do forno, transfira para uma travessa e sirva imediatamente.

Rendimento: 6 pessoas
Tempo de Preparo: 2 horas
Dificuldade: Média

Feijoada

Ingredientes

200g de carne seca

200g de lombo salgado

600g de feijão preto

2 folhas de louro fresco

250g de costelinha de porco defumada

200g de paio

200g de linguiça calabresa

150g de bacon defumado

1 cebola picada

4 dentes de alho picado

1 xícara (chá) de cachaça de boa qualidade (se quiser que o sabor fique imperceptível coloque apenas 1 xícara (café) de cachaça)

1 laranja pêra

Sal e pimenta do reino a gosto

Vinagrete de tomate:

4 tomates maduros, porém firmes

1 cebola picada em cubinhos

12 colheres (sopa) de azeite extra virgem

6 colheres (sopa) de limão Tahiti (suco, se preferir utilize vinagre de vinho branco)

3 colheres (sopa) de salsinha fresca picadinha

Sal e pimenta do reino a gosto

* O preparo da feijoada deve ser iniciado no dia anterior ao consumo.

Modo de Preparo

1. Corte a carne seca em cubos médios e coloque em uma tigela funda. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água de quatro em quatro horas.

2. Corte o lombo em cubos médios e coloque em uma tigela funda. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água de quatro em quatro horas.

3. No dia seguinte coloque dois litros de água para ferver. Enquanto isso, escolha o feijão, lave bem os grãos e coloque em um recipiente fundo. Despeje a água fervente no feijão e deixe de molho por 20 minutos. Escorra a toda a água e reserve o feijão molhado.

4. Afervente rapidamente a carne seca dessalgada, o lombo dessalgado e a costelinha de porco. Reserve.

5. Corte o bacon em cubos médios, reservando o courinho se desejar um pouco da gordura (para usar na refoga mais tarde).

6. Leve 2,5 litros de água no fogo até ferver. Em uma panela de pressão, coloque o courinho do bacon e refogue rapidamente até ele enrolar. Coloque o feijão que estava de molho na panela, cubra com a água fervente (é importante usar a água fervente para deixar o caldo do feijão mais cremoso!), adicione as folhas de louro, a carne seca, o lombo e a costelinha de porco e leve para cozinhar por 20 minutos a partir do momento que a panela começar a chiar.

7. Enquanto isso corte o paio e a linguiça calabresa em rodelas. Afervente rapidamente o paio e a lingüiça. Reserve.

8. Em uma panela grande coloque a gordura reservada do bacon e leve ao fogo para derreter (se não reservou a gordura, utilize 1 colher – sopa – de azeite) e refogue a cebola picada, o alho picado, o bacon em cubos, a linguiça calabresa e o paio. Junte o feijão cozido com as carnes na refoga, adicione a cachaça. Lave bem a laranja (inteira e com a casca). Coloque a laranja na panela (ela irá absorver boa parte da gordura). Cozinhe tudo em fogo baixo por 20 minutos até que o caldo da feijoada esteja bem cremoso, os feijões cozidos e as carnes macias. Acerte o sal e pimenta. Se necessário coloque mais água fervente durante o cozimento. Assim que ficar pronta retire a laranja e o courinho do bacon.

9. Para o vinagrete: misture bem todos os ingredientes do molho e adicione ao tomate e cebola picados.

10. Sirva acompanhado de couve refogada, vinagrete de tomates, gomos de laranja, arroz branco e farofa.

Nossa dica: E se lhe agradar um molhinho de pimenta segue nossa dica:  pegue de uma a duas conchas do caldo da feijoada e coloque em uma cumbuca. Retire as sementes de uma pimenta Dedo de Moça e corte-a em pedacinhos. Junte ao caldo da feijoada na cumbuca. Coloque três colheres do vinagrete de tomate (com o molho, os pedacinhos de tomate e cebola), misture bem. Bom Apetite!

 

Rendimento: 10 a 12 porções

Dificuldade: difícil

Tempo de preparo: 3 horas

A tradição mais brasileira: Feijoada!

Pode perguntar a qualquer gringo: Qual o prato mais brasileiro? A feijoada, sem dúvida.

Na verdade, o prato tem origem no Norte de Portugal (que, por acaso, foi nosso colonizador). Da receita original, o Brasil trocou o feijão branco ou vermelho pelo preto, além de excluir vegetais que existiam. As carnes, de porco ou vaca (ou ambas,  foram mantidas.

A feijoada vai à mesa, claro, acompanhada de arroz branco, farofa, couve refogada, vinagrete de tomate e laranja em gomos. Para beber, claro: capirinha! Bom apetite!

Feijoada


Ingredientes

200g de carne seca

200g de lombo salgado

600g de feijão preto

2 folhas de louro fresco

250g de costelinha de porco defumada

200g de paio

200g de linguiça calabresa

150g de bacon defumado

1 cebola picada

4 dentes de alho picado

1 xícara (chá) de cachaça de boa qualidade (se quiser que o sabor fique imperceptível coloque apenas 1 xícara (café) de cachaça)

1 laranja pêra

Sal e pimenta do reino a gosto

Vinagrete de tomate:

4 tomates maduros, porém firmes

1 cebola picada em cubinhos

12 colheres (sopa) de azeite extra virgem

6 colheres (sopa) de limão Tahiti (suco, se preferir utilize vinagre de vinho branco)

3 colheres (sopa) de salsinha fresca picadinha

Sal e pimenta do reino a gosto

* O preparo da feijoada deve ser iniciado no dia anterior ao consumo.

Modo de fazer

  1. Corte a carne seca em cubos médios e coloque em uma tigela funda. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água de quatro em quatro horas.
  2. Corte o lombo em cubos médios e coloque em uma tigela funda. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água de quatro em quatro horas.
  3. No dia seguinte coloque dois litros de água para ferver. Enquanto isso, escolha o feijão, lave bem os grãos e coloque em um recipiente fundo. Despeje a água fervente no feijão e deixe de molho por 20 minutos. Escorra a toda a água e reserve o feijão molhado.
  4. Afervente rapidamente a carne seca dessalgada, o lombo dessalgado e a costelinha de porco. Reserve.
  5. Corte o bacon em cubos médios, reservando o courinho se desejar um pouco da gordura (para usar na refoga mais tarde).
  6. Leve 2,5 litros de água no fogo até ferver. Em uma panela de pressão, coloque o courinho do bacon e refogue rapidamente até ele enrolar. Coloque o feijão que estava de molho na panela, cubra com a água fervente (é importante usar a água fervente para deixar o caldo do feijão mais cremoso!), adicione as folhas de louro, a carne seca, o lombo e a costelinha de porco e leve para cozinhar por 20 minutos a partir do momento que a panela começar a chiar.
  7. Enquanto isso corte o paio e a linguiça calabresa em rodelas. Afervente rapidamente o paio e a lingüiça. Reserve.
  8. Em uma panela grande coloque a gordura reservada do bacon e leve ao fogo para derreter (se não reservou a gordura, utilize 1 colher – sopa – de azeite) e refogue a cebola picada, o alho picado, o bacon em cubos, a linguiça calabresa e o paio. Junte o feijão cozido com as carnes na refoga, adicione a cachaça. Lave bem a laranja (inteira e com a casca). Coloque a laranja na panela (ela irá absorver boa parte da gordura). Cozinhe tudo em fogo baixo por 20 minutos até que o caldo da feijoada esteja bem cremoso, os feijões cozidos e as carnes macias. Acerte o sal e pimenta. Se necessário coloque mais água fervente durante o cozimento. Assim que ficar pronta retire a laranja e o courinho do bacon.
  9. Para o vinagrete: misture bem todos os ingredientes do molho e adicione ao tomate e cebola picados.
  10. 10. Sirva acompanhado de couve refogada, vinagrete de tomates, gomos de laranja, arroz branco e farofa.

Nossa dica!

E se lhe agradar um molhinho de pimenta segue nossa dica:  pegue de uma a duas conchas do caldo da feijoada e coloque em uma cumbuca. Retire as sementes de uma pimenta Dedo de Moça e corte-a em pedacinhos. Junte ao caldo da feijoada na cumbuca. Coloque três colheres do vinagrete de tomate (com o molho, os pedacinhos de tomate e cebola), misture bem. Bom Apetite!

Rendimento: 10 a 12 porções

Dificuldade: difícil

Tempo de preparo: 3 horas

O sabor lá da padaria

Com inveja do frango da padaria e aquele sabor que você não consegue ‘imitar’? Minha tia Lucinha faz igual! Como não somos egoístas, em O Frango nosso de cada Dia, apresentamos hoje o passo a passo daquele frango assado da padaria. Bom apetite!

Marinada da tia Lucinha para Frango Assado de Padaria



Ingredientes

2,5 a 3kg de frango inteiro, limpo e sem miúdos
4 limões Tahiti (suco)

Marinada:
2 cebolas raladas
6 dentes de alho picado
2 folhas de louro fresco
1 buquê de Ervas da Provança  (Ervas da Provença: erva-doce, sálvia, alecrim, tomilho, manjerona, manjericão e louro)
1 xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem
2 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
Pimenta do reino moída, pimenta Dedo de Moça e sal a gosto

Modo de fazer

1. Lave bem o frango com água e depois com o suco de limão.
2. Misture bem todos os ingredientes da marinada. Coloque o frango na marinada e deixe descansando de um dia para o outro, sem virar.
3. No dia seguinte, retire o frango do tempero e misture bem a marinada novamente, coloque o lado que ficou no tempero no dia anterior para cima e deixe o outro lado no tempero mais um dia marinando.
4. No 3° dia, coe a marinada e reserve.
5. Em uma assadeira leve o frango descoberto para assar (sem a marinada) em fogo alto até dourar bem.
6. Quando estiver bem dourado retire do forno e cubra com papel alumínio e volte ao forno médio (180°C). Vá regando a marinada em cima do frango aos poucos até acabar.
7. Retire do forno, transfira para uma travessa e sirva imediatamente.

Rendimento: 6 pessoas
Tempo de Preparo: 2 horas
Dificuldade: Média

Caldo escuro

Ingredientes

2 kg de carne de vaca (usar cortes com ossos, ex: costela ou ossobuco) 

Água fria até cobrir os ossos

2 colheres (sopa) de polpa de tomate

1/2 xícara (chá) de vinho branco (ou água)

MIREPOIX:

1 xícara (chá) de cebola picada grosseiramente

1/2 xícara (chá) de cenoura cortada grosseiramente

1/2 xícara (chá) de salsão cortado grosseiramente 

Sachet (embrulhe os ingredientes em gaze e barbante e coloque dentro do caldo, durante o cozimento):

1 folha de louro

1 ramo de tomilho

Pimenta em grãos (levemente esmagada) a gosto

2 talos de salsinha 

1 dente de alho, levemente esmagado

 

Modo de Fazer

1. Coloque a carne e os ossos numa assadeira rasa em uma única camada e asse-os a 190 C. Vire e deixe-os assar até que fiquem bem escuros dos dois lados.

2. Retire-os da assadeira e coloque-os numa panela funda. Escorra a gordura da assadeira e reserve.

3. Coloque a assadeira sobre a boca acesa do fogão e adicione um líquido (água ou vinho) para remover as crostas torradas.

4. Adicione o líquido da assadeira na panela sobre os ossos e complete com água fria até cobri-los. Aqueça até ferver e abaixe o fogo mantendo uma fervura baixa.

5. Com uma parte da gordura reservada salteie o MIREPOIX até que fique bem escuro. Adicione-o à panela em fervura. Adicione o SACHET ao caldo.

6. Adicione a polpa de tomate à panela e continue com a fervura baixa por 6 a 8 horas, retirando as impurezas que subirem à superfície. (Se for usado apenas ossos de frango o tempo de cozimento é de 5 a 6 horas). Se necessário adicione mais água.

7. Coe, resfrie e refrigere.

* Pode-se fazer o caldo na panela também. Caso faça na panela, adicione a carne e ossos para dourar, até que o fundo da panela fique bem caramelizado, sem queimar. Depois, adicione o vinho, reduza um pouco e adicione os demais ingredientes. Cozinhe por 3 a 4 horas, em fogo baixo. As demais etapas, faça conforme a receita acima.

Usa-se líquido para remover as crostas torradas da assadeira para dar mais cor e sabor ao caldo.

Este caldo pode ser congelado e servir de base para sopas, risotos e diversos molhos.

 

Rendimento: 1,5 litros

Tempo de Preparo: 4 horas e 30 minutos 

Dificuldade: Média

Quente ou fria? Você decide

Versátil, a Sopa de Pêra com Alho Poró e Pesto de Hortelã pode ser degustada morna ou gelada, ou seja, perfeita para os dias que andam tão indecisos entre um verão prematuro e o frescor primaveril. De qualquer maneira, ela será deliciosa para qualquer noite dessas. Aproveite o restante do vinho que vai sobrar da receita e faça um brinde à vida! Afinal, não é preciso motivo específico para comemorá-la, não é? Bom apetite!

Sopa de Pêra com Alho poró e Pesto de Hortelã


 

Ingredientes

2 colheres (sopa) de azeite extra virgem

1 ½ xícara (chá) de alho poró lavado e cortado em cubos (só a parte branca)

500g de pêra sem miolo e sem casca (cortada em quatro)

100ml de vinho branco seco

600ml de caldo claro de ave

200ml de creme de leite fresco

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Pesto de hortelã

1 xícara (chá) de folhas de hortelã lavadas

1 xícara (chá) de azeite extra virgem

 

Modo de preparo

  1. Em uma panela aqueça o azeite e refogue o alho poró em fogo baixo até que fique bem macio (10 minutos), mas não dourado.
  2. Junte as pêras, o vinho e deixe ferver.
  3. Adicione o caldo de ave e cozinhe por aproximadamente 15 minutos ou até que as pêras estejam bem macias.
  4. Bata tudo no liquidificador e depois volte para a panela.
  5. Junte o creme de leite fresco, tempere com sal e pimenta.
  6. Deixe ferver e sirva com gotas do pesto de hortelã.

Molho de hortelã:

  1. Em uma panela coloque 500ml de água e leve para ferver. Quando ferver coloque 1 colher (chá) de sal. Mergulhe as folhas de hortelã na água fervente por 1 minuto. Retire as folhas da panela e mergulhe-as imediatamente na água fria ou gelada. Escorra bem o excesso de água das folhas.
  2. Bata as folhas de hortelã com o azeite no liquidificador.

*Se desejar sirva essa sopa fria.

Rendimento: 4 porções

Dificuldade: Média

Panqueca de palmito

Ingredientes

Massa

200ml de leite integral

100g de farinha de trigo

10g de açúcar refinado

1 ovo

Sal a gosto

40g de manteiga derretida

Molho béchamel (para recheio)

80g ou 5 colheres (sopa) de manteiga rasas

80g ou 10 colheres (sopa) de farinha de trigo rasas

1/2 litro de leite

1/2 cebola bem picada

2 cravos da índia

1 folha de louro

Sal, pimenta e noz moscada (ralada na hora)

Recheio de Palmito

300g de palmito (picado)

30g de cebola picada (cubos pequenos)

20ml de azeite


Modo de fazer

Para a massa

1. Bater todos os ingredientes no liquidificador, colocando a manteiga derretida por último.

2. Unte com óleo uma frigideira anti-aderente (própria para panqueca) e faça as panquecas em fogo médio.

Para o molho béchamel

1. Leve a manteiga ao fogo. Quando derreter, jogue a farinha de uma vez só. Mexa por 30 segundos.

2. Adicione o leite frio, aos poucos, mexendo sempre para não formar grumos.

3. Adicione a cebola com os cravos e a folha de louro.

4. Reduza o fogo e cozinhe por mais ou menos 10 minutos, mexendo de vez em quando.

5. Tempere com sal, pimenta e noz moscada.

6. Coe, resfrie e refrigere.

Para o recheio

1. Refogue a cebola no azeite, quando estiver transparente junte o palmito.

2. Deixe mais 2 minutos e junte o molho bechamel.

3. Deixe esfriar. Recheie as panquecas.

 

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 1h30min

Dificuldade: Média

Arroz branco

Ingredientes

4 xícaras (café) de arroz agulhinha

2 colheres (sopa) de cebola picada

1 colher (sopa) de óleo de canola

Água a gosto

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo

1. Lave bem e seque o arroz.

2. Refogue a cebola no óleo, sem deixar dourar, junte o arroz.

3. Junte água quente (até cobrir 1 dedo o arroz), tempere com sal e pimenta de deixe cozinhar até secar a água.

4. Se necessário colocar mais um pouquinho de água.

 

Rendimento: 4 porções

Tempo de preparo: 40 minutos

Dificuldade: média

Brasilidade à mesa

Nunca fui fã de caipirinha. Até que um belo dia, depois muito ouvir falar na imprensa, resolvi experimentar a caipirinha do Veloso. O resultado? Bem, agora sou fã (só não digo número 1, pois devem existir muitos na minha categoria!) da brasileiríssima bebida. O segredo do sabor, tão exato e surpreendente ao mesmo tempo, eles não revelam, mas ela parece ser uma unanimidade. Basta chegar no boteco — eleito o melhor de São Paulo em 2010 — e conferir seu efeito multiplicador: estão espalhadas em absolutamente todas as mesas!

Entre as prediletas da clientela estão as de jabuticaba; carambola com manjericão; lima-da-pérsia; limão com gengibre; kiwi; abacaxi com hortelã; frutas vermelhas; lichia; caju com limão e tangerina com pimenta dedo-de-moça. Todas com cores nervosas e sabor atrevidos! Abaixo, a minha predileta: caju com limão. Para acompanhar, a Rafa sugeriu um sanduíche bem tradicional de boteco: o buraco quente! Em tempo: essa discussão sobre o que deveria acompanhar a caipirinha foi longa!

Caipirinha de Caju com Limão do Veloso


Ingredientes

50ml de vodca

1 caju médio em cubos

1/2 limão médio Tahiti

2 colheres (sopa) de açúcar

Modo de fazer

1. Em um copo, coloque o açúcar, o limão e o caju.

2. Pressione, com o amassador, até retirar todo o suco.

3. Acrescente o gelo até a boca do copo, a vodca, e mexa bem de baixo para cima e sirva com mexedor.

Buraco quente


Ingredientes

1 colher (sopa) de óleo de canola

300g de carne bovina moída (patinho)

1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem

1/2 cebola picada em cubos pequenos

1 dente de alho picado

2 colheres (sopa) de molho inglês

½ colher (chá) de pimenta Dedo de Moça sem sementes e picada

½ xícara (chá) de molho de tomate

Sal e pimenta do reino a gosto

100g de queijo prato ralado

1 pão francês


Modo de fazer

1. Em uma panela coloque 1 colher (sopa) de óleo de canola e refogue aos poucos a carne moída (não coloque muita quantidade de uma vez para não juntar água). Retire da panela e reserve.

2. Na mesma panela coloque 1 colher (sopa) de azeite extra virgem e refogue a cebola e o alho até murcharem. Volte a carne para a panela e misture bem com a cebola e o alho.

3. Adicione o molho inglês, o molho de tomate, e a pimenta dedo de moça. Cozinhe por 3 minutos. Acerte o sal e pimenta. Desligue o fogo.

4. Corte as pontas do pão e com o auxílio de uma colher, empurre o miolo para uma das extremidades do pão (isso irá impedir que o recheio vaze). Coloque uma camada de queijo dentro do pão e por cima complete com a carne moída ainda quente. Se desejar, leve ao forno para derreter o queijo.

Rendimento: 1 porção

Tempo de Preparo: 30 minutos

Dificuldade: fácil

Molho Pesto

Ingredientes

1 a 2 dentes de alho

1 ½ xícara (chá) de manjericão fresco (apenas as folhas)

3 colheres (sopa) de pinoli ou nozes

½ xícara (chá) de queijo pecorino ou parmesão ralado

200ml de azeite de oliva extra virgem

Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de Preparo

1. Ferva 500ml de água com 1 colher (sopa) de sal. Coloque as folhas de manjericão e deixe ferver por 1 minuto. Retire as folhas da água fervente e mergulhe-as imediatamente na água fria. Reserve.

2. Bata bem todos os ingredientes do molho no liquidificador (não precisa coar). Conserve na geladeira.

*Dica: retire sempre aquele brotinho que há dentro do dente de alho. Ele é indigesto e pode amargar uma preparação quando necessita utilizar o alho cru.

 

Rendimento: 6 porções ou 300ml de molho

Tempo de Preparo: 30 minutos

Dificuldade: Fácil

 

Peixe no Sal grosso com Vinagrete de Limão siciliano

Ingredientes

2kg de peixe “vermelho” com escama (sem vísceras e aberto pela barriga)

1|2 cabeça de alho

1 ramo de tomilho fresco

2 folhas  louro frescas

4kg de sal grosso

6 claras de ovo

Molho

2  limões sicilianos

1 cebola roxa em cubos pequenos

2 dentes de alho fatiado

8 tomates cereja cortados em 4

4 grãos de pimenta-do-reino preta em grão esmagados

1/3 xícara de manjericão

350ml de azeite extra virgem

Sal a gosto

Modo de fazer

1. Colocar o tomilho, as folhas de louro e os dentes de alho dentro do peixe (pela barriga).

2. Misturar o sal grosso com as claras.

3. Colocar em uma forma de teflon a mistura de sal e claras, colocar o peixe por cima, e cobrir o peixe com a mistura de sal e claras, apertando bem.

4. Assar em forno 180°C durante uma hora.

5. Amassar o suco de limão com o alho e o sal em um pilão.

6. Juntar a pimenta e o restante dos ingredientes do molho e amassar mais. Reservar.

7. Colocar em uma molheira para acompanhar o peixe.

8. Na hora de servir, quebrar a casca de sal, retirar a pele do peixe, e servir acompanhado com o molho.

Rendimento: 8 porções

Tempo de preparo: 1h30min

Dificuldade: Média